Capela Santo Antônio e Santa Luzia Colônia Prado - Alm. Tamandaré PR

O início da história de Antonio Prado deu-se em 1886 na Itália, Polônia e Alemanha. Por inúmeros motivos algumas pessoas decidiram sair de seus paises em busca de uma vida melhor. Chegando ao Brasil, o desembarque dos imigrantes foi no Rio de janeiro, em 29 de maio de 1886.


O início da história de Antonio Prado deu-se em 1886 na Itália, Polônia e Alemanha. Por inúmeros motivos algumas pessoas decidiram sair de seus paises em busca de uma vida melhor. Chegando ao Brasil, o desembarque dos imigrantes foi no Rio de janeiro, em 29 de maio de 1886. Em junho os imigrantes novamente embarcaram, agora com destino ao Porto de Paranaguá e de lá foram transportados de carroça para a hospedaria de imigrantes em Curitiba. 

Antonio da Silva Prado, ministro da agricultura da época, empenhou-se para o assentamento os imigrantes, por isso em sua casa homenagem a Colônia recebeu o nome Colônia Antonio Prado.

Na data da fundação, 15 de agosto de 1886, a colônia era constituída por cerca de 40 famílias, totalizando 170 imigrantes italianos, poloneses, alemães e alguns austríacos.

Os imigrantes, que vieram em busca de terra para o cultivo, trouxeram suas tradições, seu jeito alegre, sua religiosidade, principalmente na devoção a Nossa Senhora. Construíram a 1ª capela de medianeira, onde se reuniam para rezar o rosário. Destes encontros, nasceu o grupo do rosário vivo, hoje pastoral do rosário vivo. Em 1930 deu-se inicio a construção da atual capela, cuja inauguração aconteceu 3 anos mais tarde, sob o comando de Pe. Vickhinkli. A comunidade escolheu Santo Antonio como padroeiro em homenagem ao lugar e também por ser um santo italiano, conhecido na Europa.


Rua Prof Alberto Piekars, 1330
Colônia Prado - Alm. Tamandaré PR
CEP: 83.504-520